Exepicionalmente as 21h Relógio do Coração

CENA 1- Fazenda lago azul, Gouveia, Zona rural de Montes Claros MG

Clara– Mãe? Julia? O que esta acontecendo? Julia diz alguma coisa? Eu sou cega, não vejo mas escuto muito bem!

Julia, ao ver Florinda no chão desacordada, não tem reação. Julia corre para o quarto.

Clara– (chorando)Pelo amor de Deus Julia! Me diz o que esta acontecendo?

Cena 2 – Mansão Vasconcellos, Montes Claros MG

Muitos Garçons, Decoradores, Beatriz, preparava tudo para uma grande festa que vai dar para a chegada do seu Filho Lucas, que depois de 15 anos nos Estados Unidos, estará de volta ao Brasil.

Beatriz, fiscalizando tudo e todos, e quando vê alguma coisa errada fica furiosa.

Beatriz– (para o decorador) O filho, eu já não disse pra você colocar esse droga de vaso ali do falo do bufe?  Meu Deus! Quanta gente incompetente!

Beatriz continua andando pela casa, fiscalizando, quando vê Cida (empregada da casa) andando pela casa, sem fazer nada.

Beatriz– (irônica) Oh Cida querida!

Cida vem rapidamente.

Cida- Sim senhora.

Beatriz- Você não tem nada pra fazer na cozinha não?

Cida– ter até tem né, mas a Carol me deu uma folguinha de 30 minutos.

Beatriz- Ah sei, a Carol te deu uma folguinha…

Cida- Pois é! A Carol é tão gente boa né…mas eu confesso que mereço essa folguinha, porque, Menina eu não te conto, ontem lá em casa teve uma farra daque…/(Beatriz interrompe)

Beatriz- Chega! Não quero saber de sua vida de pobre! E vá para a cozinha agora sua idiota!

Cida- Mas senhora, a Carol…/(Beatriz interrompe)

Beatriz– (arrogante) Oh queridinha… A Carol não manda em nada aqui… A Carol é uma simples governanta! Quem manda nessa casa sou eu, então faça o que eu estou te pedindo!

Cida- Sim senhora!

Cida vai saindo, quando Beatriz a chama novamente.

Beatriz- Ei, volta aqui sua imbessil!

Cida-Sim senhora

Beatriz– aquela caipira lá da roça, a tal de florilda de o marcos contratou para fazer o bolo, ela já chegou?

Cida- Senhora, não é Florilda, é Florinda, e não, ela não chegou ainda.

Beatriz– Era só o que me faltava!

Cida– mas senhora, ainda ta cedo, o Lucas vai chegar só a noite e …/

Beatriz interrompe.

Beatriz– Cala a boca! Ta esperando o que pra desinfetar daqui?

Cida- Sim senhora, da licença.

Cida sai. E Beatriz, começa a ficar pensativa.

Beatriz- se aquela mulherzinha lá do interior, não chegar em uma hora, e acabar com a minha festa que eu estou preparando a dias, eu juro, eu juro que eu não sei do que eu sou capaz de fazer. Eu mato ela!

Cena 3-Na escola de artes da comunidade de Gouveia, zona Rural de Montes claros.

Amanda na sala de aula, dando aula alegremente.

Amanda- Então gente, tão gostando da aula?

Alunos– SIM!

O sinal escolar toca anunciando o final da aula.

Amanda- Bom gente, nossa aula acabou…

Alunos- Ahhhh

Amanda– Mas calma gente, amanhã tem mais kkkk então bom dia pra vocês e até amanhã…

Amanda sai da sala. Distraída, no corredor Amanda esbarra em Carla, outra professora da escola.

Amanda- Ui! Desculpa… Ai meu Deus, como eu sou desastrada, você machucou?

Carla- Que isso, não tem nada não.

Amanda- você é?

Carla- Carla, prazer (estende a mão para Amanda)

Amanda– O prazer é todo meu  (pega na mão de Carla)

Carla– Você é nova aqui né?

Amanda- Sou sim, entrei hoje.

Carla- É…..então vamos lanchar lá na cantina?

Amanda- Vamos sim! To morrendo de fome kkkkk

Carla- kkkkk

Cena 4- Fazenda lago azul, Gouveia, zona rural de Montes Claros MG

Clara vai andando lentamente, quando sente algo no chão.

Clara- Ai meu Deus! O que é isso? Mãe é você ai no chão?

Clara coloca a mão e descobre que é Florinda desacordada.

Clara- Mãe? Mãe acorda! Julia, a mãe ta desmaiada, Julia!

Julia não responde.

Clara- Socorro! Mãe?

Florinda começa a acordar.

Florinda– Ai minha cabeça. Ai, o que aconteceu?

Clara- Você tava desmaiada Mãe.

Florinda– Ai Clara, não to me sentindo bem. To com uma dor no peito.

Florinda ainda sentada no chão começa a sentir uma forte dor no peito.

Florinda- Clara, pega o telefone na mesinha, vai eu te ajudo.

Clara segue as instruções de Florinda.

Florinda-Vai à direita

Clara- aqui?

Florinda- isso minha filha. Agora a sua esquerda.

Clara- aqui

Florinda- Isso, agora abaixa. O telefone ta na mesinha.

Clara- achei.

Florinda-(desesperada, se sentindo mal) Agora trás aqui. Preciso ligar para Amanda.

Clara vai andando em direção a Florinda para levar o Telefone, quando Julia aparece. Julia  bate no telefone que cai no chão

Julia, com um olhar frio, em poucas palavras, diz pausadamente para Florinda.

Julia- Você não vai ligar para ninguém!

Clara– mas Julia, a mamãe ta passando mal!

Julia- que passando mal Clara, deixa de ser ingênua!  Será que você não vê que ela ta fingindo! (zombando da cara de Clara) Ah esqueci que você é cega kkkkkk

Florinda– Minha filha me ajude, eu lhe peço! Lhe imploro!

Julia- kkkkkkkkkkkkkkkkkk Te ajudar? Depois de tudo que você me fez? kkkk ai Mãe, você me faz rir tanto kkk eu acho que você ganharia mais trabalhando em um circo do que fazendo essas porcarias de encomendas.

Enquanto Julia falava, clara pegava o telefone. Clara faz sinal para Florinda, de que pegou o telefone, mas Julia percebe.

Julia- (suspeita) que isso? O que vocês estão conversando?

Nesse momento Clara esconde o telefone.

Clara- Nada.

Julia – Você acha que me engana não é pirralha? O que você esta escondendo ai atrás?

Quando Julia vai para pegar, Clara joga o telefone para Florinda.

Julia- Sua Bastarda retardada! Ninguém me faz de idiota!

Julia empurra Clara que cai no chão, e vai pra cima de Florinda.

Julia- me dá esse telefone mãe!

Florinda- Não vou dar, eu preciso ligar para Amanda.

Julia- (Grita) Me da esse telefone!

Florinda- (chorando, olha no fundo dos olhos de Julia) O que esta acontecendo Julia, Você nunca foi assim!

Julia- (com ódio) Quer saber o que aconteceu? Aconteceu que eu cansei! Eu cansei dessa vida de pobre, cansei! Cansei dessa vida de pobre, cansei dessa miséria, cansei de ser sempre a segunda! Eu cansei! Tem um certo ponto que a gente não agüenta mais e explode! Já cheguei a esse ponto mãe, Eu to explodindo kkkkkkkkkk

Florinda- Não fala assim Julia! Eu te amo minha filha…

Julia- Chega desse lenga-lenga, e me dá essa porcaria desse telefone, ou você acha q vai me distrair com esse papinho de “amor”, Me dá essa bosta de telefone!

Florinda- Eu não vou dar! Você esta fora de controle, eu tenho que ligar para Amanda!

Julia– (grita) Eu estou perdendo a paciência, me da essa merda de telefone!

Florinda– Não!

Julia vai para cima de Florinda, e começa a enforca – lá.

Florinda- (com falta de ar) Julia…Ju.. para…Socorro…

Clara- Mãe! Solta minha mãe!

Clara no desespero, pega um vaso e joga na cabeça de Julia, que cai no chão desmaiada.

Cena 2- Na lanchonete da Escola de Artes, Gouveia, Zona Rural de Montes Claros MG

Amanda sente uma tontura.

Amanda- Ai, minha cabeça.

Carla- O que foi Amanda, você esta bem?

Amanda– Não sei, tive um pressentimento horrível, e depois senti uma tontura.

Carla– Não é melhor você ir na enfermaria.

Amanda- não, eu tenho que ir embora. É alguma coisa com a minha mãe.

Amanda sai correndo. Carla não entende nada.

Carla- Mas Amanda, você não comeu nada… Credo, eu hem, nem fala tchau.

Carla percebe que Amanda esqueceu o celular em cima da mesa da lanchonete.

Carla-(fria) Olha ai, sai tão depressa que esqueceu o celular! Vou ter que ir na casa dessa Idiota levar.

Cena 3- Mansão Vasconcellos, Montes Claros MG.

Carol a governanta, chega na cozinha e vê Cida trabalhando.

Carol- Ué Cida, eu não te dei uma folguinha?

Cida- deu né, mas a Poderosa retirou.

Carol– mas eu sou a governanta, eu que decido sobre as questões dos empregados.

Cida- Pois é, mas ela não quis saber, e disse que você não manda aqui, quem manda aqui é ela.

Carol- (com ódio) ai como eu odeio essa mulher! Um dia desses vou acabar perdendo a paciência.

Já na sala, Beatriz continuava a perturbar os decoradores e garçons com suas ordens.

Beatriz-(para o decorador) Meu Deus, mais que brega! Tira, Tira, Tira! Deus me livre! Você tem certeza que se formou nessa profissão?

Decorador– Tenho sim senhora

Beatriz- Eca!Imagina se não fosse formado.

O telefone toca. Beatriz tem uma surpresa.

Beatriz– Alô?

Lucas- (Aeroporto)Sou eu mãe, o Lucas!

Beatriz- Filho! Perai? De onde você esta me ligando?

Lucas- (Aeroporto)Mãe, cheguei antes do esperado no Brasil. Já estou em Montes Claros, estou saindo do aeroporto agora. Mãe vou ter que desligar, tenho que resolver uma coisas aqui, daqui a pouco estou ai em casa.

Lucas desliga o telefone.

Beatriz– Lucas espera. Lucas? Alo? Lucas?

Beatriz da um grito que a casa inteira ouve e começa a olhar pra ela.

Beatriz– (Grita) NÃOOOOOOOOOOOO! Meu Deus, não pode ser!

Cida e Carol vem correndo da cozinha.

Cida- O que foi dona Beatriz?

Carol– A senhora esta bem?

Beatriz– Não esta nada bem! Agora, neste momento, todos têm que trabalhar por dois, o Lucas já esta vindo.

Carol- Como assim?

Beatriz- Lerda! O Lucas já esta no Brasil, ele já esta a caminho da Mansão! Temos que terminar essa decoração e as comidas logo! Cadê a Florilda, a mulher do bolo?

Cida e Carol Juntas-  É Florinda!

Beatriz– seja o que for, ela já chegou ou não!

Cida- Ainda não chegou senhora.

Beatriz- ( com ódio)Eu sabia! Eu sabia! Eu avisei para o Marcos! Eu avisei!

Beatriz sai furiosa da sala, em direção ao escritório, onde Carlos seu marido esta lendo um livro.Beatriz entra no escritório com muito ódio.

Beatriz- Eu falei não falei! Eu disse pra você não contratar esse povo pobre para fazer o bolo de festa da chegada do Lucas ao Brasil, mas você sempre tem q ser caridoso né, sempre tem q ser o bonzinho, principalmente essa tal de Florinda! De tão pobre que ela é, Aposto que nem relógio em casa ela tem!

Marcos– Mas do que você esta falando Beatriz?

Beatriz-(Grita furiosa) Não se faça de Idiota!

Marcos- Mas que arrogância é essa? O que aconteceu?

Beatriz- (irônica) Aquela sua “Amiguinha”! Aquela pobre, caipira, fedorenta, lá da roçinha, que você contratou ate agora não chegou!

Marcos-(grita) Se você estiver falando da Florinda eu te pesso respeito! Ela é uma pessoa honesta, simples, alegre, e eu a respeito muito, e também pesso que você a respeite!

Beatriz- (irônica) hahahaha você a respeita? É mesmo? Eu estou pressentindo que isso é muito alem de um respeito!

Marcos– ah Beatriz, por favor, né! Deixa de ser criança!

Beatriz– Criança eu? Nosso filho já esta no Brasil, ou melhor, já esta em Montes Claros, e essa sua “Amiguinha do coração” Ainda não chegou!

Na sala, todos ouvem a discussão.

Cida– A coisa ta pegando fogo lá dentro! Adoroooo barraco! kkk

Carol-kkkk  Deixa a poderosa ouvir essa palavra “Barraco” aqui dentro que você vai ver! Tudo pra ela é de pobre, ate as palavras kkkkk

No escritório:

Marcos– O Lucas já esta no Brasil?

Beatriz– Está! Ele acabou de ligar e já esta vindo pra cá! Mas isso não importa eu quero que você tome uma atitude quanto aquela Idiota!

Marcos– Quanto a Florinda, você não se preocupe, ela é uma profissional de respeito, responsável e cumpre com suas obrigações, disso eu tenho certeza! Agora sai do meu escritório, e me deixa continuar a ler meu livro em paz, será que posso?

Beatriz-(Sorriso irônico) ok baby, eu saio! Se você afirma que a sua “amiguinha” é tão eficiente e responsável, eu confio em você. Mas se alguma coisa der errado nessa festa, e sua amiguinha da roça, estiver envolvida nisso, eu não repondo pelos meus atos!

Beatriz sai do escritório e bate a porta. Marcos joga o livro sobre a mesa fortemente com ódio.

Cena 2- Fazenda Lago azul, Gouveia, Zona rural de Montes Claros.

Florinda-(chocada) Clara o que você fez?

Clara- (desesperada) Mãe foi no impulso! Ela ta desmaiada? Ela ta bem? Como ela ta mãe? Ela ta bem? Fala!

Florinda- Ela esta desmaiada, será que ela morreu?

Clara- (chorando) Meu Deus! Eu matei minha irmã!

Cena 3- Bar de seu Valdeci, bairro centro, Montes Claros MG

Valdeci e Marília conversam muito tristes.

Valdeci-(triste) Minha Filha, não fica assim.

Marília-(chorando) O que vai ser de nos agora Pai sem o Bar? Onde nos vamos morar?

Valdeci– Calma minha filha, eu vou dar um jeito. Mas aqui não dá mais… Seu Lineu alem de ser rancoroso, ele cobra muito caro o aluguel do Bar. E nos não ganhamos muito assim para mantermos… Eu vou ter que alugar outro estabelecimento para fazer meu Bar.

Marília– Mas onde pai? Onde? Não temos para onde ir!

Valdeci- Eu vou dar um jeito.

Marília- Quanto tempo seu Lineu Deu para nos sairmos daqui?

Valdeci– Dois dias.

Marília– Mas é muito pouco!

Cena 4- Mansão Vasconcellos, Montes Claros MG

Beatriz chega na sala, Furiosa.

Beatriz– Ai que ódio!

Todos ficam olhando para ela.

Beatriz- O que é que vocês estão olhando! Vão trabalhar tropa de vagabundos.

Todos voltam a trabalhar. Cida e Carol vão saindo para a cozinha.

Beatriz-(grita) Cida! Você fica!

Cida– Sim senhora.

Beatriz– Liga para todos os convidados, e diz que a festa foi adiantada, vai ser mais cedo, por que o Lucas chegou antes do esperado. Agora!

Cida– Mas pra todo mundo? É muita gente!

Beatriz- Faz o que eu estou mandando senão quiser ser despedida sua Favelada!

Cida sai e vai fazer o que Beatriz pediu. Um decorador chega em Beatriz que diz que os serviços estão prontos.

Decorador- Senhora, os serviços estão prontos.

Beatriz– Ótimo, Agora sai da minha frente, não estou agüentando mais olhar pra suas caras de pobre! Fora!

Todos saem.

Beatriz-(para ela mesma) Agora só falta o Lucas e os convidados. Ah, claro, e o  Bolo, que aquela incompetente não trouxe ate agora!

Cena 5- Fazenda Lago azul, Gouveia, Zona rural de Montes Claros.

Clara- Mãe! A Julia ta acordando!

Florinda- Ai, Graças  Deus! Minha filha, você esta bem?

Julia levantando do chão.

Julia– Ai minha cabeça! Pirralha! Você quase me matou!

Clara- Desculpa Julia, foi no desespero, Desculpa!

Florinda– Calma Julia.

Julia- (com ódio) Sua desgraçada, agora quem vai te matar sou Eu!

Amanda chega neste momento.

Amanda– O que esta acontecendo aqui? Você vai matar quem Julia? Me diz?

_____________________________________________________________________________

FIM DO CAPITULO/CONTINUA…

_____________________________________________________________________________

De:Daniel Durães

Publicado em 05/06/2012, em televisão e famosos. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s